Batiman vs Superman: A origem da justiça

Sempre fui um admirador dos Heróis DC. Diferentemente dos da Marvel (como Homem-Aranha, Capitão América, Homem de Ferro, etc.), que sempre foram mostrados como seres humanos, com seus erros e acertos, problemas diários e vida difícil, os da DC sempre foram mais intocáveis, deuses, sobre os quais sempre pairou uma aura mitológica. Afinal, para que servem os super-heróis se não para nos trazer esta ideia impalpável de seres acima do bem e do mal? E para nos fazer escapar do dia a dia às vezes tão cruel e desumano. – Presepada Geek – Por Marcelo Bastos

Continuar lendo

O regresso (Crítica)

“O Regresso (The Revenant) é sem dúvida a mais bela obra de Alejandro González Iñárritu, constituindo-se um exercício de criatividade e talento e um filme pungente e visualmente estarrecedor, culminando numa experiência extremamente sensorial, capaz de prender o espectador e atingi-lo de forma visceral, como raríssimas vezes um drama foi capaz de fazer”. Por Presepada Geek – Yago Pinto.

Continuar lendo

Alice no Pais das Maravilhas (Crítica)

Alice (Mia Wasikowska) é uma jovem de 17 anos que passa a seguir um coelho branco apressado, que sempre olha no relógio. Ela entra em um buraco que a leva ao País das Maravilhas, um local onde esteve há dez anos apesar de nada se lembrar dele. Lá ela é recepcionada pelo Chapeleiro Maluco (Johnny Depp) e passa a lidar com seres fantásticos e mágicos, além da ira da poderosa Rainha de Copas (Helena Bonham Carter).

Continuar lendo

Hitman Agente 47 (Crítica)

Agente 47 (Rupert Friend) é um assassino de elite geneticamente modificado criado para ser a máquina de matar perfeita. Ele precisa caçar uma mega operação que pretende usar o segredo de sua criação para a formação de um exército imbatível. Ao juntar forças com uma misteriosa jovem, que pode ser o diferencial para o sucesso da missão, ele vai descobrir segredos de sua origem em uma batalha épica contra seu maior inimigo.

Continuar lendo