Minha Rendição (Cinthia Freire)

Eu só espero que todos vocês leiam e se apaixonem, conheçam ainda mais dessa autora maravilhosa que merece ter os melhores leitores do mundo!

Livro: Minha Rendição
Autor:
Cinthia Freire
Editora:
Publicação Independente pela Amazon
Número de páginas:
400
Ano:
2017
Nota do Skoob:
4.9
Minha nota:
5

Sinopse

Segredos são como fantasmas, nos assombrando e nos fazendo crer que são reais.
Todos têm os seus fantasmas .
Poliana tem os seus e há seis meses ela tenta se convencer que ainda é capaz de viver, mesmo que seu coração diga a ela que não há mais esperanças .
Vinicius é um renomado cardiologista que vê no trabalho voluntário uma forma de se redimir dos seus pecados.
Uma mulher marcada pela dor, um homem que carrega em seu coração a culpa por seus atos.
Duas almas feridas encontrando nos braços um do outro uma nova chance para serem felizes.
Um livro sobre culpa, perdão, rendição e a descoberta sobre o verdadeiro amor.

Resenha Mundo Sublinhado

Vinícius se culpa constantemente pelo que fez a Carol e Gabe, mesmo que todos já tenham concedido a ele o perdão. Para tentar se redimir de seus pecados, ele se dedica ao máximo em sua profissão de médico, no entanto, não por benefício ou sucesso próprio, e sim para ajudar o máximo de pessoas. Por conta disso põe em prática o projeto de uma ONG.

A ONG, localizada um pouco distante de seus ambientes mais frequentados no dia a dia, lhe dá a incrível possibilidade de conhecer Poliana, a menina dos cabelos ruivos e sardas. Tão pequena e tão frágil.

Poliana é uma mulher marcada pelos sofrimentos do passado. Ela teve a infelicidade de conviver com um verdadeiro monstro, e hoje tem suas pequenas alegrias baseadas em sua liberdade (mesmo que seja um tanto limitada). Sofreu muito mais do que parecia capaz de suportar.

Vinícius nunca imaginou que seria tão difícil assim de levar uma menina para jantar, mas ao salvar seu coração os dois se descobriram verdadeiramente apaixonados.

Esse amor cura as feridas do coração de cada um deles, além de fazer com que todos ao seu redor (e os leitores) torçam por esse casal maravilhoso.

Minhas considerações

Minha Rendição é um livro encantador. Poliana é sem dúvidas uma das minhas protagonistas femininas favorita. Adorei muitas de suas decisões, assim como apoiaria se eu tivesse uma amiga assim. Ela não se demora para expressar o que se passa dentro dela, e foi isso que mais me encantou na personagem.

Já Vinícius é o mocinho (quase) perfeito. O quase é só porque me jurei no primeiro livro que nunca o perdoaria pelo que ele fez, mas aí vem esse segundo livro e junto dele um coração carregado de culpa e que realmente merecia o nosso perdão.

Não posso deixar de mencionar o quanto adorei os novos personagens, principalmente a Marina. Amei ver mais um pouquinho de Gabe e Carol, Verônica e Fábio, e Alan <3.

Novamente, como tenho dito nas resenhas anteriores, Cinthia Freire tem uma escrita viciante, apaixonante, intrigante. Ela arrasa sempre, sempre. Li o livro com muita sede, avançava cada página sempre com um gosto de quero mais.

Eu só espero que todos vocês leiam e se apaixonem, conheçam ainda mais dessa autora maravilhosa que merece ter os melhores leitores do mundo!



Minhas frases sublinhadas

“É ela deitada. É ela ferida. É ela que precisa de socorro. E sou eu quem vai socorrê-la.”

“A porta se fecha, ele caminha em minha direção e eu descubro porque preciso de um cardiologista… Meu coração acaba de parar de funcionar, sinto o exato momento em que a última batida acontece e é quando vejo seu rosto e descubro quem é o Dr. Becker.”

“Deus, ela é tão linda, mesmo agora depois de tudo o que passou, ela é a mulher mais bela que já vi em toda a minha vida.”

“— Então você me salvou? — Eu te prestei atendimento no momento correto.— Isso é uma maneira formal de dizer que salvou minha vida.”

“Ela mantém os olhos fixos em mim e tenho que desviar o olhar, pois tenho a sensação de que as batidas do meu próprio coração estão tão fortes que eu mal ouço o seu.”

“— Eu não faço parte dessa ala dos Becker. — E qual a sua ala? — Eu conserto corações quebrados. — Ele se inclina para falar em meu ouvido como se fosse uma confissão. Ele sorri e sei que está me provocando. Penso em dizer a ele que, na verdade, ele não passa de um destruidor de corações, mas tenho certeza de que ele já sabe disso.”

“Deus, eu amo tanto esse homem… sim eu o amo, muito mais do que imaginei ser capaz de amar alguém, amo sua bondade e paciência, amo sua inteligência e elegância, amo a maneira carinhosa como ele sempre cuida de mim, amo seu sorriso e seu olhar, amo sua voz e os sons que ele faz quando me beija. Amo seu coração puro, sua beleza, não apenas a que todos veem, mas aquela que apenas quem o conhece sabe. E ele é lindo.”

“Receba meu beijo, minha pequena Poliana, e distribua o amor por onde quer que você vá. Jogue o jogo. Seja feliz.”

“Isso é amor, é estar lá para a pessoa, não importa o quão duro possa ser, e mesmo que não possa fazer nada para ajudar, se mantém lá.”

“— Toda vez que meu corpo reage ao seu, estou fazendo amor com você; cada vez que você me faz sorrir, estou fazendo amor com você; cada vez que meu coração bate mais forte, estou fazendo amor com você. — Continuo acariciando-a enquanto falo, ela se contorce, se abre, se entrega, se liberta. — Porque fazer amor nada mais é do que deixar que nossos corpos se comuniquem, se apaixonem e se conectem, mesmo antes de se tocarem.”

fullsizerender-20

Um comentário sobre “Minha Rendição (Cinthia Freire)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s