A Seleção vai continuar?

Quem não é apaixonado por A seleção? Quer dizer… Como não amar Maxon e América!? A série chegou ao fim com o livro A coroa, mas para quem já está com saudade da série – principalmente da primeira parte – em uma entrevista para o site EW, Kiera Cass nos encheu de esperanças sobre a franquia, e sim, existe a possibilidade e termos outros livros. Lendo a entrevista você entenderá.
P.S.: Contém spoiers dos livros da série!

FullSizeRender (20)

1 – Como é a sensação de estar dizendo adeus para os personagens e a série?

É muito estranho. Eles ainda estão na minha cabeça – o que é um conforto. Nunca é como se eles desaparecessem completamente. Oito anos de trabalho para ter de colocar uma tampa sobre isso, é estranho. À medida que foi chegando mais perto, eu comecei a ficar muito mais emocional. Eu decidi que quando eu chegar em casa da turnê, vou passar uma semana no sofá assistindo filmes e eu vou me dar uma festa para lidar com isso.

2 – O que quer dizer com eles ainda estão na sua cabeça?

Como posso explicar isso sem soar psicótico? Quando o personagem mostra-se na minha cabeça, eles têm que falar e eu tenho que botar tudo no papel, então eles começam a se acalmar e relaxar, estão só se divertindo. Agora, não é como se alguém estivesse gritando comigo para dizer qualquer coisa, mas eu meio que sei o que acontece após a última página. Eles ainda estão lá, mas ninguém está aos gritos para me fazer dizer a todo mundo o que está acontecendo.

3 – Isso significa que não poderia ter algo a mais no futuro?

Veremos. Eu realmente já comecei a falar sobre o que nós vamos fazer para o 10º aniversário: algo como voltar e escrever a partir da perspectiva de Maxon – pessoas pediram isso por um longo tempo – ou sobre o intervalo entre A Escolha e A Herdeira – pessoas têm falado sobre isso. Você sabe, há uma chance de fazer outra coisa, mas eu não sei agora.

4 – Nem todo mundo amou Eadlyn em um primeiro momento, mas sua evolução em “A Coroa” foi significativa. Isso foi alguma resposta à reação dos fãs?

Não, ela é quem ela é. Ela foi criada de forma diferente de sua mãe, o que faz dela uma pessoa diferente e uma narradora diferente. Quando você cresce em um mundo onde todo mundo faz o que você diz e você sabe que vai ter um monte de poder e é muito, muito rico, isso faz de você uma pessoa diferente. E ela também acaba tendo muito, muito medo das coisas. Eu estava animada porque isso deu-lhe toneladas e toneladas de espaço para crescer, mas eu era tipo, “Eu acho que A Escolha vai ser um livro difícil de ser aceito. Você vai ter que se preocupar com ela o suficiente para querer ver o fim.” Eu não ficaria surpresa se as pessoas falassem, “ Não, eu não posso lidar com ela. Eu não quero saber como tudo acaba”. Mas eu senti que havia muito mais para ela fazer. Eu acho que colocá-la em uma posição onde ela era muito, muito vulnerável lhe deu o espaço para finalmente evoluir. Começar o livro com seu irmão desaparecido, sua mãe fora da comissão, e ela realmente não sabendo o que vai acontecer, a colocou em uma situação muito séria.

5 – Isso teria sido muito diferente se você tivesse matado América.

Eu entendo. Eu admito que eu realmente não pensei sobre o estado no qual iria colocar as pessoas. Eu estava muito mais preocupada com Eadlyn, então eu peço desculpas pelo estresse.

6 – No final de “A Escolha”, Maxon elimina o sistema de castas na Illéa, mas quando lemos A Herdeira, fica claro que não resolveu todas as questões entre o povo e a monarquia, e as pessoas ainda têm os seus preconceitos. Isso parecia muito oportuno – era essa a sua intenção?

Não, quase tudo é como um “oops” e eu nem sequer pensei nisso coincidindo com o que está acontecendo no momento. O que me pareceu muito honesto, e eu me sinto confiante de que eu provavelmente usei essa linha no livro, é que você não pode governar o coração das pessoas. Você pensa sobre todas as leis que temos sobre a discriminação e a forma como você deveria tratar as pessoas, mas isso não muda a forma como as pessoas agem no seu dia-a-dia em relação às outras pessoas. Isso é uma questão relacionada ao coração que você tem que ajustar-se e concordar que uma determinada maneira de agir é certa ou errada.

DSC04522

Eu só sei que amo muito A Seleção, principalmente a história do casal #Amexon (só não gosto da Eadlyn) e gostaria muito de ter qualquer coisa a mais sobre esse universo. E vocês?

Mil beijos
FullSizeRender (26)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s