Super desapegada (Jaqueline de Marco)

Como não rir da Raquel!? Ela é hilária e diante do desespero acaba fazendo loucuras para ficar ao lado de quem ama. Vale dizer que ela não é uma pessoa ruim de coração, é apenas uma pessoa apaixonada que passou, e muito, dos limites.

Livro: Super desapegada
Autora: Jaqueline de Marco
Gênero: chick-lit (comédia romântica)
Editora:
Draco
Ano: 2015
Nota Skoob: 4.5
Minha nota: 4.5

Sinopse

Raquel faz o maior sucesso na internet. Seu blog “Super Desapegada” motiva mulheres a se valorizarem e prega a autoestima sem a presença constante e essencial de um companheiro. Mas fora da web, Raquel não é tão descolada assim… Ela sempre teve um amor platônico por seu melhor amigo de infância, Alan. Mas no aniversário de 30 anos de Raquel, ela descobre que ele está noivo de Bianca, a irmã caçula de seu rival nos tempos de escola, Eric. Para conseguir acabar com o casamento, e conquistar de vez seu grande amor, Raquel precisa se aliar ao sarcástico Eric. Mas logo ela começa a perceber que a união pode render muito mais do que ela imaginava e a aprender que para praticar o tão estimado “desapego” é preciso abrir seu coração para novas experiências… e quem sabe para um novo amor.

FullSizeRender (20).jpg

Resenha Mundo Sublinhado

Raquel é uma mulher independente, bonita, inteligente e que tem um “probleminha”, uma paixão que já dura 15 anos (sim, você leu corretamente, QUINZE ANOS), o problema é que, ela e o dono do seu coração nunca tiveram NADA, e mesmo assim, ela nutre a esperança de que eles ficaram juntos. Em contra partida, ela tem um blog que se chama “Super Desapegada” e utiliza esse blog para desabafar, dar dicas sobre sentimentos, relacionamentos e coisas do gênero. O mais engraçado é que ela ajuda muitas pessoas, mas lá no fundo não pratica com exatidão aquilo que publica e ela é quem precisa de ajuda.

Dai então chega o dia do seu aniversário de 30 anos e ela decide tomar uma atitude e abrir seu coração para Alan, só que ele não chega ao aniversário sozinho. Ao seu lado está Bianca, a doce, linda e perfeita Bianca, e neste momento Raquel é informada do status avançado do relacionamento dos dois.

Como proceder nesta situação¿ Existe precedente, tem como pedir ajuda aos universitários¿ Raquel se sente perdida ao ver que pode perder o amor da sua vida sem nem ao menos ter tido uma chance real. Mas então ela descobre que Eric, o irmão da moça, também não é a favor do relacionamento, então maquina um plano e torce para que ele embarque na sua loucura.

FullSizeRender (24).jpg

Minhas considerações

Como não rir da Raquel!? Ela é hilária e diante do desespero acaba fazendo loucuras para ficar ao lado de quem ama. Vale dizer que ela não é uma pessoa ruim de coração, é apenas uma pessoa apaixonada que passou, e muito, dos limites.

A história de tão trágica, chega a ser cômica. Nos faz pesar em todas as loucuras de amor que fizemos e nas que queríamos ter feito. O que mais me chamou atenção, foi que ela não fez nada sozinha, mesmo não concordando com suas atitudes e seus planos, os amigos dela embarcam em suas loucuras dignas da “Sessão da tarde”. Mesmo não concordando e dando broncas, estavam ao lado dela (que lindoo!).

Gostei da Raquel ser blogger e principalmente dos textos que tem dela no livro, achei muito bacana, criou uma interatividade no livro, que eu gostei muito. Confesso que eu até procurei o blog – kkkk – eu iria gostar se ele fosse real, mas infelizmente ela só existe no livro mesmo.

O final é bem previsível, mas é um final que nos completa, é exatamente o que eu queria. Então só posso dizer que: indico a leitura para você que quer fazer uma leitura leve e dar gargalhadas.

FullSizeRender (28)

Minhas frases sublinhadas

Com tanta gente no mundo, solidão é uma questão de escolha. E as vezes, de necessidade. – pag 66

Confesso que sou da turma dos apaixonados. Pratico o desapego para me sentir mais independente dos sentimentos, para saber que eu mando neles e não o contrário, mas admito que gosto da sensação de gostar de alguém. – pag 75

Não sabia o quanto sentia saudade dela, até reencontrá-la. – pag 88

Ser feliz requer esforço, já que a alegria muitas vezes está fora da nossa zona de conforto. – pag 101

Jamais poderia fazê-lo ama-la daquele jeito. Sabia que o amor não é algo que se ensine ou se pratique. Ele simplesmente acontece. – pag 132

Só me apaixonei por uma pessoa na minha vida. Uma pessoa, duas vezes. (minha frase sublinhada preferida) – pag 148

Sobre Jaqueline de Marco – A autora12472816_10208774493625471_6325156813311659235_n

Jaqueline de Marco é o pseudônimo usado por Jaqueline Marcos, que nasceu no litoral de São Paulo, em 1985, local onde mora atualmente. Formada em Jornalismo, trabalha na área de assessoria de imprensa. Escreve textos originais e fanfictions desde 2002. Autora dos romances “A dona do cabelo laranja” e “Super Desapegada”, publicou alguns textos em antologias de editoras nacionais. E para a nossa felicidade, Jaqueline é uma autora parceira do blog Mundo Sublinhado! ♥

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s