Eragon (Christopher Paolini)

Recomendo este livro para todos aqueles leitores que procuram por um livro com o vocabulário perfeito e uma história tão empolgante que envolve magia, guerras, lutas com espada, dragões e povos de diferentes raças.

Livro: Eragon
Título original:
Eragon
Saga: O Ciclo A Herança
Escritor: Christopher Paolini
Editora: Rocco
Número de páginas: 466
Ano: 2001
Nota skoob: 4.1
Minha nota: 5 – favorito

Sinopse

Um menino… um dragão… um mundo de aventuras.

Quando Eragon encontra na floresta uma pedra azul polida, acredita que poderá ser uma descoberta de sorte para um simples rapaz do campo: talvez sirva para comprar a carne que alimentará a família durante o inverno. Mas, no momento em que um dragão nasce de dentro da pedra, Eragon percebe que está diante de um legado quase tão antigo quanto o próprio Império. Da noite para o dia, de uma vida pacata, ele é lançado para um arriscado novo mundo movido pelas tramas do destino, da magia e do poder. Empunhando uma espada lendária e seguindo as sábias palavras de um velho contador de histórias, Eragon e o leal dragão terão de se aventurar por terras perigosas e enfrentar inimigos sombrios em um Império governado por um rei cuja maldade não conhece fronteiras.

Ao jovem Eragon foi dada a responsabilidade de alcançar a glória dos lendários heróis da Ordem dos Cavaleiros de Dragão. Será que conseguirá vencer os obstáculos que o destino lhe reservou? Agora suas escolhas poderão salvar – ou destruir – o mundo em que vive.

Resenha Mundo Sublinhado

Eragon vive com o tio Garrow e o primo Roran, e não sabe nada sobre seu pai. De sua mãe, sabe apenas o nome e que ela faleceu ao parto.

Um dia, enquanto caçava pelo perigoso conjunto de montanhas, A Espinha, Eragon se depara com uma brilhante, reluzente e perfeitamente lisa pedra azul. Ele a leva para casa afim de vendê-la por um bom preço e conseguir comprar carne para sua pobre e pequena família.

Mas a pedra se revela ser algo de valor inestimável. Quando a ”pedra” se quebra – revelando ser um ovo – e um pequeno filhote de dragão sai de lá, Eragon se vê no meio das antigas lendas. As lendas da Ordem dos Cavaleiros de Dragões.

Desde pequeno Eragon era fascinado pelas antigas histórias sobre os cavaleiros e seus dragões, que existiram à muito tempo atrás. Mas atualmente, o único dragão existente era Shruikan – lê-se: churui-KAN – um dragão imenso e preto, e seu cavaleiro era o rei malévolo da AlagaËsia, Galbatorix. Por isso, Eragon se assusta ao perceber que as histórias eram falsas: Shruikan não era o último de sua espécie. Havia também o pequeno dragãozinho que Erangon batizou de Saphira e mais dois ovos escondidos no castelo de Galbatorix.

O mais novo cavaleiro de dragão recebe a ajuda do velho contador de histórias da aldeia: Brom, um velho muito sábio que o leva até o esconderijo dos Varden – uma comunidade que se mantêm escondida e se prepara há anos para lutar contra o exército de Galbatorix.

Em meio a viajem até o esconderijo dos Varden, Eragon recebe instruções de Brom que é seu novo mestre – por assim dizer -, resgata uma jovem elfa encantadora chamada Arya que pertuba seus sonhos e recebe ajuda de um estranho garoto chamado Murtagh.

Minhas considerações

Minha meta é alcançar o nível de escrita do Christopher, ele arrasa. O autor de Eragon, Christopher Paolini, começou a escrever este livro quando ainda tinha somente quinze anos. E sua escrita é impecável.

Narrado em terceira pessoa, o livro Eragon ganhou meu coração primeiro pela temática, depois pela escrita e, por fim, pelo enredo em si. Apesar de ser seu primeiro livro e na época ter tido apenas quinze anos, Christopher escrevia com a maestria de um escritor profissional e muito sábio.

O que amo em Eragon, é que no final do livro, há um glossário para verificarmos as falas que os Anões e os Elfos dizem, e também há uma lista com o nome dos reinos e das personagens mostrando-nos como se lê.

Paolini está na minha listinha de cinco escritores preferidos pois suas obras são de valores inestimáveis. A escrita de Chris é atraente principalmente para leitores como eu, que gostam e procuram por uma obra que tenha a escrita antiga e com a mais diversa variedade de palavras complexas. Sou grande fã de Tolkien e seus livros, mas na minha humilde opinião, Christopher consegue ultrapassar Tolkien no sentido da escrita. Os dois possuem obras de ficção-fantástica incríveis e cheias de magia, com cenários excepcionais, mas a escrita de Paolini é mais variada e diversa, mais complexa e sábia, e possui uma variedade de palavras raras e pouco usadas no dia a dia que consegue nos levar para dentro do livro: numa época medieval, com guerras e guerreiros, cavaleiros e dragões, elfos, humanos e anões. Sendo assim, Tolkien pode ser nosso rei da literatura fantástica, mas Paolini é nosso príncipe.

Recomendo este livro para todos aqueles leitores que procuram por um livro com o vocabulário perfeito e uma história tão empolgante que envolve magia, guerras, lutas com espada, dragões e povos de diferentes raças.

Minhas frases sublinhadas

”Todos nós cometemos erros hoje. O meu foi não ter ficado perto de você.” Saphira.

”As areias do tempo não podem ser detidas. Os anos passam, quer queiramos ou não… mas podemos nos lembrar. O que foi perdido pode, entretanto, viver na nossa memória.” Brom.

”O vento uiva pela noite trazendo consigo um aroma capaz de mudar o mundo.”

” – Amor, família, realizações… tudo isso é tirado de nós, e ficamos sem nada. Que valor tem as coisas que fazemos?

– O valor está no ato. O seu valor acaba quando você se rende ao desejo de mudar, de viver a vida. As opções estão à sua frente, escolha uma e dedique-se a ela. As ações darão a você uma nova esperança e um novo propósito.” Eragon e Saphira, respectivamente.

” Não há nada pior do que um inimigo que não tem nada a perder.” Eragon.

” Tenha em mente que muitas pessoas morreram por aquilo em que acreditavam. De fato, isso é bem comum. A verdadeira coragem é viver e sofrer por aquilo em que você acredita.” Brom.

Espero que se apaixonem por essa saga incrível tanto quanto eu.
Beijinhis, Gaby Alievi.
Até semana que vem!!

POSTS RELACIONADOS: Resenha Mestre Gil de Ham

Um comentário sobre “Eragon (Christopher Paolini)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s