As lendas de Lemúria: a guerra contra a sombra (Reinaldo Toso Júnior)

“O autor valorizou muito a mulher neste livro de cultura medieval e foi isso que mais me chamou a atenção em seu livro. Muitas das personagens femininas são da realeza e não possuem nem um pequeno traço de delicadeza e gentileza. Pelo contrário, são fortes, determinadas e encaram a realidade com coragem e ousadia.”

Livro: As lendas de Lemúria: a guerra contra a sombra.
Autor:
Reinaldo Toso Júnior
Editora: Pandorga
Número de páginas: 484
Ano: 2014
Nota Skoob: 3.8
Minha nota: 3.8

Sinopse

Diante da desgraça que se abate, os personagens vão se apresentando no desenrolar da história, surgem heróis do povo, soldados valorosos, grandes reis e princesas decididas, todos com seu altruísmo e valores, junto com eles se aliam os animais de Lemúria, domesticados ou não, dos conhecidos dragões até os imensos bombos, búfalos gigantescos, entre outros.

O cruel inimigo utiliza-se de uma forja de homens, e desta faz seres cruéis, meio humanos, meio animais que os lança contra todos os reinos.

O cenário é povoado por castelos, vilas e habitantes, ambientados em cenário medieval, com batalhas imensas, cercos e assaltos terríveis, armas, grandes viagens e tecnologias que misturam magia e conhecimento.

Se gosta de ficção-fantasia, leitor, seja bem-vindo a esta inédita aventura em uma terra descrita em detalhes, um universo paralelo: As Terras de Lemúria.

Resenha Mundo Sublinhado

Lemúria é uma terra dividida em seis importantes reinos habitados por povos diferentes, como o povo ruivo das Minas Vermelhas ou os gigantes de Tiristrati. Todos viviam em paz até o dia em que a Sombra se instalou em Assome, região Oeste desse continente. Bela, a rainha de Tiristrati foi a primeira a sentir a chegada da Sombra e pressentiu que coisas más estavam por vir. Sendo assim, ela alçou voo em cima de um magnífico dragão para a terra dos magos em busca de ajuda e um plano para derrotar essa terrível força do mal.

Passou-se uma década de planejamentos e alianças feitas entre os seis reinos até que, durante uma noite, o povo do litoral sofreu um ataque de um exército de Orcos – seres metade humanos, metade porcos – comandados por Jalnes – criaturas de forma humana com aspecto felino – muitas pessoas foram perdidas, pessoas importantes e o pouco dos habitantes que sobreviveram a este ataque surpresa, ou foram feitos de escravos pelos Orcos, ou passaram a viver refugiados.

A Sombra se espalhou, atingindo cada reino e fazendo que eles se unissem, como um só e descartassem as diferenças apenas por um segundo, para lutarem contra aquele mal.

Minhas considerações

Este é o segundo livro do autor nacional Reinaldo Toso e sua primeira obra de ficção-fantasia.

O autor valorizou muito a mulher neste livro de cultura medieval e foi isso que mais me chamou a atenção em seu livro. Muitas das personagens femininas são da realeza e não possuem nem um pequeno traço de delicadeza e gentileza. Pelo contrário, são fortes, determinadas e encaram a realidade com coragem e ousadia. Ao desenrolar da história podemos perceber que, elas sim, são as personagens que têm todo o direito de receberem glória e honra.

Logo nos primeiros capítulos o escritor nos explica sobre suas criaturas, os reinos e seus determinados habitantes. Podemos comparar muitos pontos da história com ‘O senhor dos anéis’, de John Tolkien, já que, As lendas de Lemúria possuem criaturas chamadas Orcos que possuem um corpo humano com cabeças de porcos – nos livros de Tolkien as criaturas são parecidas. Assim como a guerra que também possui pontos que se ligam com a história de Tolkien.

Os capítulos são alternados entre os seis reinos e seus reis e príncipes, narrando os acontecimentos de cada reino.

Sou apaixonada por ficção-fantasia, aventura e ação e minhas partes preferidas nos livros é quando começa a guerra, onde tudo passa a ser corrido, com muita ação e tensão para nós, leitores. A guerra deste livro é, sem sombra de dúvidas, maravilhosa. Escrita com desenvoltura e detalhes mas sem deixar transparecer toda a violência que existe por trás delas.

O desfecho foi surpreendente e o autor ainda trabalha no segundo.

Minhas frases sublinhadas

”Juro seguir e cumprir a demanda com corpo e alma e prometo que a justiça por minhas mãos voará até onde as andorinhas voarem” Bela.

”As decisões são suas” página 245.

”Não decidimos sobre nossos corações” página 245.

Espero que gostem desta dica e da leitura.

Até semana que vem, beijinhos, Gaby Alievi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s