O Guia do Herói Para Invadir o Castelo (Christopher Healy)

Esses príncipes são hilários e, se você está a procura de um livro que envolva contos de fadas, mas com os personagens totalmente diferentes do ”normal” e um bom senso de humor, certamente, é este livro ao qual você procura.

Livro: O Guia do Herói Para Invadir o Castelo
Título original: The Hero´s Guide to Storming The Castle
Livro 2 da série Guia do Herói
Autor:
Christopher Healy
Editora: Verus
Número de páginas: 392
Ano: 2013
Nota Skoob: 4.6
Minha nota: 4.5

Sinopse

Príncipe Liam. Príncipe Frederico. Príncipe Duncan. Príncipe Gustavo. Você se lembra deles, não? São os Príncipes Encantados, que finalmente receberam algum crédito depois que saíram da sombra de suas princesas – Bela Adormecida, Cinderela, Branca de Neve e Rapunzel – para derrotar uma bruxa maligna que pretendia destruir todos os reinos.

Mas, infelizmente, a fama e o reconhecimento não duraram tanto assim. E, quando os príncipes descobrem que um artefato de grande poder pode cair em mãos erradas, mais uma vez eles terão de se unir para impedir que o pior aconteça – mesmo que ninguém nunca venha a saber que foram eles que salvaram os reinos!

Em O guia do herói para invadir o castelo, Christopher Healy nos leva de volta a seu louco mundo de conto de fadas para mais uma aventura medieval. Nossos heróis terão de enfrentar enguias-dentes-de-aço, um misterioso Espectro Cinzento e dois déspotas maníacos determinados a dominar o mundo – afinal, é apenas mais um dia de trabalho para a Liga dos Príncipes.

Resenha Mundo Sublinhado

Os nossos queridos príncipes encantados – que não possuem nada de encantado – estão de volta em mais uma louca aventura, mas eles não serão os únicos nesta jornada: as princesas também participarão desta vez!

Junto com Cinderela, Bela Adormecida, Branca de Neve, Rapunzel, Lila (irmã caçula de Liam), e o alfaiate os príncipes vão em busca de um perigoso objeto que, em mãos erradas, pode causar um tremendo estrago! O objeto é, na verdade, uma pequena pedra que foi retirada da espada de Eríntia – reino do príncipe Liam e da princesa Lila – que a primeira vista parece ser inofensiva.

O grupo bola um plano para invadir o castelo do rei Bandido, Deeb Rauber – um garotinho de apenas dez anos que já comanda um exército bandido e que apareceu no livro anterior -, pois é lá que fica guardada a pedra mágica e, consequentemente, a espada de Eríntia que a contêm. Mas o rei Bandido não está tão sozinho, ele conta com a ajuda de Baltasar, Randark, Vero e Madu que também disputam pela preciosa pedra. A aventura será maior do que os príncipes jamais sonharam que pudesse ser.

Minhas considerações

Amei este livro tanto quanto o primeiro.

O livro é dividido em três partes e eu adoro o começo de cada capítulo, já que, ora ele começa com ”O vilão…” ora começa com ”O herói…” assim como no primeiro volume da saga em que todos os capítulos começam com ”O príncipe…”, acho que isso traz um quê a mais à história, dando mais entretenimento e deixando-a mais divertida.

A capa, na minha opinião, expressa bem o que o livro quer passar: ela é uma história infantil porém com um ótimo senso de humor. Logo nela nós já conseguimos distinguir que os príncipes não são lá o que todos os contos de fadas nos dizem.

Por exemplo: ”Duncan é um ex-Príncipe Encantado, obviamente, mas tem cerca de um metro e meio de altura, se distrai com esquilos e tem a tendência de trombar com paredes. Isso se parece com um ‘herói’ para você? Não que qualquer um dos companheiros dele da Liga dos Príncipes se encaixe em sua definição de herói: o príncipe Gustavo tem problemas para controlar a agressividade; o príncipe Liam se irrita facilmente com princesas mimadas; o príncipe Frederico coleciona colheres e considera a ‘sujeira’ seu maior inimigo. E, mesmo assim, a Liga dos Príncipes conseguiu salvar não um, mas cinco reinos dos planos diabólicos de uma bruxa malvada.” página 12.

Bom, como podem ver, eles não têm em nada algo parecido com os príncipes que conhecemos, mas é isso o que torna a história tão engraçada.

Esses príncipes são hilários e, se você está a procura de um livro que envolva contos de fadas, mas com os personagens totalmente diferentes do ”normal” e um bom senso de humor, certamente, é este livro ao qual você procura.

Minhas frases sublinhadas

”Não demorou muito para que os príncipes se reunissem mais uma vez e colocassem o destino do mundo todo em risco. É esse o tipo de coisa que eles fazem.” página 15.

”As pessoas precisam de um herói. Mas tudo o que elas têm… sou eu.” Liam, página 78.

”Conhecimento é poder. Por exemplo, você não se sente muito mais poderoso agora que sabe que conhecimento é poder?” página 107.

”Se quiser alguma coisa, a melhor maneira de conseguir é pedindo. Se não funcionar, recorra a um grupo de doze homens fortemente armados.” página 333.

”Evite a todo custo ser capturado. Masmorras são horríveis, sujas e fedidas. Elas são frias. E apertadas. Isso porque nem comecei a falar do serviço de quarto.” página 304.

Até a próxima, beijinhos da Gaby

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s