O menino do pijama listrado (John Boyne)

O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

Livro: O menino do pijama listrado
Título Original: The boy in the striped pyjamas
Autor: John Boyne
Editora: Companhia das letras (seguinte)
Número de páginas: 186
Ano: 2007
Minha nota: 4.8

Sinopse

Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra judeus. Também não faz ideia que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e a mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga.

Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai.

O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

Resenha Mundo Sublinhado

Um dia, quando Bruno, de nove anos, chega em casa, ele encontra a empregada arrumando suas coisas dentro das malas e acaba descobrindo que irão se mudar. Bruno tenta desesperadamente fazer a mãe mudar de ideia, pois, como insiste em repetir, há os seus três amigos e a escola, que terá de deixar para trás.

Porém – para o desgosto de Bruno – eles se mudam. A casa é bem menor e menos aconchegante que a de Berlim e não há vizinhos com quem brincar. As únicas pessoas que vivem por lá vestem pijamas listrados cinza e moram do outro lado da cerca – desde que chegou na nova casa Bruno foi proibido de chegar perto dela.

Bruno é um garoto apaixonado por aventuras e sonha em ser aventureiro quando crescer. Como não há nada para se fazer dentro de casa ao lado de sua irmã – que segundo ele é um caso perdido – Bruno decide dar um passeio pela propriedade e, em meio à esse passeio ele encontra Shmuel, um garoto do outro lado da cerca e que, assim como todos os outros de seu lado, usa um pijama listrado cinza.

À partir de então, todos os dias no mesmo horário e no mesmo local, os dois se encontravam para conversar. Bruno sempre se sentiu muito curioso em relação ao outro lado da cerca e, quando Shmuel lhe pediu ajuda para encontrar seu pai – que sumiu misteriosamente – Bruno não hesitou e aceitou. O que os dois não sabiam era que encontrariam algo muito diferente do pai de Shmuel. Algo que nenhum dos dois fazia a menor ideia do que se tratava.

img_0709

Minhas considerações

O menino do pijama listrado alcançou minhas expectativas em relação à tudo!

* A narrativa: é leve, inocente e simples. Condiz perfeitamente com a história e os personagens.

* Os personagens: o protagonista é um garoto típico de nove anos, com uma imaginação fértil e que deseja apenas aproveitar a infância brincando. Os personagens secundários condizem muito bem com a época e a situação, por exemplo, sua irmã, Gretel, é uma adolescente de doze anos que se acha madura o bastante para dar sermões no irmão. O tenente Kotler é daqueles que fazem de tudo apenas para surpreender seus senhores, sejam ações boas ou más. Shmuel é um garotinho amável e, apesar de morar do outro lado da cerca é muito ingênuo e não faz ideia do que as pessoas estão fazendo ali e porquê elas estão ali.

* O cenário: devo confessar que o cenário é muito deprimente e, em certas ocasiões, consigo até mesmo entender porquê Bruno fica tão entediado em casa, mas é o cenário que nos dá uma maior visibilidade de como era as coisas naquela época.

* A capa: apesar de ser bem simples ela demonstra muito sobre o livro e tem textura, o que acho bem bacana.

O final é um pouco confuso para quem não viu o filme e pode até mesmo ser considerado incompleto, mas nem por isso a história deixa de ser perfeita.

Todo o mundo deveria ler este livro e por isso eu o recomendo! Leiam! Tenho certeza de que não se decepcionarão.

meninopijama.jpg

Minhas frases sublinhadas

“Só porque um homem olha para o céu à noite, isso não faz dele um astronômo, sabia?” Pavel, página 76.

”Bruno diminuiu o ritmo quando viu o ponto que virou uma mancha que virou um vulto que virou uma pessoa que virou um menino.” página 95.

“Você é meu melhor amigo Shmuel”, disse ele.”Meu melhor amigo para a vida toda.” Bruno página 184.

Espero que vocês gostem da leitura! Beijos, Gaby!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s