Na mala do imigrante (Lígia Pereira Boldori)

O livro mostra a realidade, as vezes cômica, as vezes trágica, do imigrante, mas no final você percebe que a vida realmente é feita de escolhas, assim como a história de todo imigrante.

Livro: Na mala do imigrante
Autora: Lígia Pereira Boldori
Editora: Chiado
Data de publicação: Março de 2015
Número de páginas: 160
Coleção: Viagens na Ficção
Género: Ficção

Sinopselanc3a7amento-19-12-lpb-26.jpg

Um livro sincero e emotivo, cômico e trágico; que de uma forma sem rodeios ou intimidações retrata a realidade das mais diferentes situações vividas por um imigrante.

Composta por capítulos desenvolvidos em pequenas narrativas / episódios; finalizando-se individualmente.

A leitura torna-se assim dinâmica e simplificada, proporcionando ao leitor mais praticidade e vibração!

A riqueza descritiva; pormenorizada, o fará sentir- se parte integrante da história.

Emoções estarão à flor da pele do leitor; onde as lágrimas, a raiva, o amor, o sentimento de injustiça, compaixão e muitos outros sentimentos, irão tomar conta de si, em cada leitura de cada capítulo/história.

A cronologia da obra desenvolve-se baseada na história de um imigrante,

“…de todos se fazem um e de um fazemos todos ”

Cada acontecimento relata uma parte do processo de imigração: adaptação, adoção, vivência e convivência, que “um e todos” são passíveis de experienciar.

Relato dos possíveis “estágios” vividos; desde a arrumação das malas para a partida – dentre muitas outras aventuras durante sua imigração-, até o dia do seu retorno: a volta para casa.

Mas afinal, será que ele, ela, voltará?

E onde já considera-se casa?

Para saber, basta abrir a mala do emigrante.

As diversidades culturais retratadas ao decorrer das histórias proporcionarão ao leitor a oportunidade do conhecimento de palavras específicas, estrangeirismos, calões, gírias e expressões locais e outras ainda em outros idiomas;

– ora já conhecidas, ora inusitadas –,

das quais, de uma forma didática, estarão numeradas ao longo do texto e explicadas no rodapé, relativo á  página da citação, em formato “vocabulário”.

São 202 explicações que lhe somarão conhecimentos!

Basta agora se inteirar e descobrir, o que vai na mala de um emigrante*!

Prepare sua mala e boa leitura!

Resenha Mundo Sublinhado

No livro o personagem principal é o IMIGRANTE independentemente de cor, raça, credo, nacionalidade ou nome… O livro fala deles e do que passam quando deixam seus lares e vão em busca de um sonho que geralmente está bem longe.
A autora consegue descrever perfeitamente as dificuldades de escolher sair de casa e deixa a família, as dificuldades para entrar em um outro país, mostra a ingenuidade da crença de que tudo vai dar certo, as dificuldades de conseguir emprego, as diferenças culturais, a dificuldade de estar longe e ser diferente de todos que estão ao seu redor e principalmente a saudade de casa e de quem se ama.

O livro mostra a realidade as vezes cômica as vezes trágica do imigrante, mas no final você percebe que a vida realmente é feita de escolhas, assim como a história de todo imigrante.

Minhas considerações e reflexões- Laise

O livro me tocou profundamente por alguns motivos bem simples… nunca sai do meu país, mas a maioria dos meus amigos passaram anos estudando pelo mundo e só de pensar que eles passaram por casos como os do livro meu coração se entristeceu. Assim os personagens do livro ganharam codinomes… Raphaela, Yasmim, Wallace, Nathyara, Zilmara… Então comecei a pensar que o sonho de morar em um país desenvolvido pode não ser “apenas flores”.

Nunca imaginei que este livro poderia me tocar tanto, ele me fez refletir bastante. Como a Lígia (autora) passou por várias situações ao longo dos anos em que mora na Europa, pode falar com propriedade sobre as pelejas e principalmente sobre o preconceito que o imigrante sofre.

Acho que todos que pensam em deixar o Brasil deveriam ler este livro e os que aqui estão e permanecerão deveriam ler para pensar mais sobre como tratamos os que vem em busca de uma vida melhor em nosso país, ou até mesmo, em como tratam aqueles que migram entre as regiões neste país continental que é o Brasil.

O livro é cheio de verdade e sentimento, cheio de revelações e reflexões tocantes. Foi muito bem escrito e narrado.

Algo que eu gostei bastante foi o fato de haver várias referências no pé da página que explicam ao leitor as expressões linguísticas ligadas a miscigenação a qual os personagens vivenciam.

A narrativa é leve, a linguagem é simples e o sentimento verdadeiro. A leitura super vale a pena, é uma leitura de vida, que vai lhe engrandecer bastante!

Haaaa…. durante a leitura você será um imigrante e até vai tomar uma decisão como imigrante. – Leia o livro que você vai entender do que eu estou falando! – Achei maravilhosa essa “sacada” da autora. Adorei.

Ao fim do livro a autora narra alguns acontecimentos pessoais, algumas de suas vivencias, é lá que você percebe que o que ela escreveu é pouco para o que ela já deve ter passado.

Minhas considerações e reflexões – Juliana

Eu amo a emoção de viajar, do aeroporto, das despedidas, das chegadas calorosas.
Chegar em um lugar novo pronto pra viver uma experiência diferente traz benefícios maravilhosos para a alma. Em Na Mala Do Imigrante histórias são retratadas no contexto das imigrações – a busca por uma vida melhor, a realização de um sonho –, mas sem deixar de retratar também as barreiras e dificuldades pelo caminho. É um livro cheio de personagens cada um com uma personalidade diferente. Adorei!

Espero que leiam e que gostem!

ONDE COMPRAR:
Mil beijos, Laise Caroline

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s