Maze Runner: Correr ou Morrer (Crítica)

Em um mundo pós-apocalíptico, o jovem Thomas (Dylan O’Brien) é abandonado em uma comunidade isolada formada por garotos após toda sua memória ter sido apagada. Logo ele se vê preso em um labirinto, onde será preciso unir forças com outros jovens para que consiga escapar.

Crítica

O primeiro filme da série está eletrizante, contagiante e emocionante. Com um grande elenco compondo este brilhante filme, com uma adaptação fenomenal e uma produção impecável, você envolve-se diretamente na história tentando solucionar os questionamentos e decifrar os enigmas propostos. O diretor consegue lhe deixar bem envolvido com a trama sentindo cada emoção e clima retratado no longa. O fato de realmente você fazer as descobertas com os personagens deixa o filme mais interessante e envolvente, se muita “enrolação” para o desenvolvimento da história, ele consegue lhe prender do início ao fim. A proposta final lhe remete ao pensamento futurista e descobertas que muda toda a perspectiva da proposta inicial do filme, ou seja, ao decorrer do filme você é levado a acreditar em um objetivo, porem ao final você será surpreendido.

Muitos mistérios, enigmas e um final surpreendente que sugere diretamente sua continuação, o segundo filme da série torna-se um dos mais aguardados deste ano.

Então o procure e assista mais essa dica do DVD pirata…

Já que estamos aqui falando de um grande franquia literária e suas adaptações, você sabia que:

Jogos Vorazes pode ser mais popular que as outras duas, mas a diferença de orçamento em relação a Divergente’ é pequena: os dois primeiros filmes com Katniss custaram US$208 milhões no total, contra US$195 milhões de Divergente e ‘Insurgente’ somados. ‘Maze Runner: Prova de fogo’ ainda não divulgou seus custos, mas como o primeiro custou apenas US$34 milhões, é difícil acreditar que ele alcançaria os concorrentes. Maaaasss… ‘Jogos Vorazes’ teve ótimos resultados, arrecadando cerca de sete vezes mais do que custou (US$1,55 bilhão em bilheterias com os dois primeiros filmes, para US$208 milhões gastos), superando de longe Divergente’, que lucrou três vezes mais do que seus custos (US$583 milhões para o orçamento de US$195 milhões de custo para os dois primeiros filmes). ‘Maze Runner: Prova de fogo’ ainda não estreou, mas o primeiro filme foi ainda mais lucrativo que os concorrentes: US$340 milhões faturados para míseros US$34 milhões de custo, ou seja, 10 vezes mais. UAU

As três sagas trazem protagonistas jovens, lutando em pequenos grupos contra um governo autoritário, e todas são adaptadas de sagas literárias… impossuível não fazermos comparações, mas a pergunta que fica é:qual você prefere: Jogos Vorazes, Divergente ou Maze Runner?

Estamos ansiosos pelo segundo filme de Maze Runner, então até quinta-feira no Cine Imperator 3D

Maze Runner: Correr ou Morrer
Duração: 1h 53 mim
Cenas extras: Não
Diretor: Wes Ball
Produtora: 20th Century Fox
Não recomendado para menores de 14 anos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s